Documento CRV

O que é CRV e qual sua importância?

O CRV está entre os documentos mais importantes do veículo, ele comprova o registro de  propriedade do automóvel.

Apesar de ser mais umas das tantas siglas que existem no dia-a-dia do motorista ela é de extrema importância no momento da compra e venda do veículo.

Outra dúvida que é muito comum surgir CRV e CRLV.  Ambas são documentos mas com funções diferentes, algo que iremos abordar mais a frente.

Então se você possui essas dúvidas, você está no lugar certo.

Sem tempo para ler? Ouça nosso resumo

O que é o documento CRV ?

O CRV (Certificado do Registro do Veículo), também popularmente conhecido como DUT, é um documento que comprova legalmente a propriedade do veículo, permitindo sua venda a terceiros.

Sendo atualmente de forma digital, o CRV teve seu formato físico até o início de 2021. Atualmente o certificado de registro pode ser acessado pelo aplicativo Carteira de Trânsito (CDT).

O CRV tem sua emissão após ser registrado junto ao DETRAN, em caso de registro de carro zero quilômetro é necessário iniciar o processo de primeiro emplacamento do veículo apresentando a sua nota fiscal e pagamento das demais taxas.

Já no processo de troca de proprietário  o processo muda um pouco, devido o veículo não possuir ainda o CRV digital, apenas no formato físico.  Então vamos explicar tudo detalhado no tópico CRV como fazer a transferência de veículo usado?

No documento CRV, será registradas todas as informações do veículo, tais como:

  • Número do RENAVAM
  • Marca e modelo
  • Ano de Fabricação e Modelo
  • Placa 
  • Chassi
  • Características como cor, motorização, capacidade de passageiros
  • Dados do proprietários
  • Data de emissão do CRV
  • Restrições e observações de alterações que possam ter ocorrido até a emissão do CRV

Qual a diferença de CRV para CRLV?

Apesar de alguns motoristas acreditarem que não existe diferença entre os dois documentos. Ela existe, porém ambos estão se tornando um documento só, que é o CRLV-e.

Então vamos entender o que é cada um deles tudo bem?

O que é o CRLV ?

O documento CRLV (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo), é um documento que possui renovação anual e de porte obrigatório que informa às autoridades de trânsito que o veículo está devidamente regularizado no DETRAN, permitindo sua circulação em todo o território nacional.

Então as principais diferenças entre o CRV e o CRLV estão no prazo dos documentos. O Certificado de Registro do Veículo não possui data limite para a renovação, sendo necessário emitir novamente após a troca da propriedade do veículo através da ATPV (Autorização para Transferência de Propriedade de Veículo ).

Em contrapartida, o CRLV tem sua renovação de forma anual, sendo necessário pagar as taxas de Licenciamento e demais débitos como IPVA e multas para realizar sua emissão.

Nesse caso o CRLV pode interferir na nova emissão do CRV, caso esteja em atraso. Obrigando o novo proprietário a apresentar os devidos pagamentos em aberto para dar continuidades na emissão do documento.

Existe a questão do porte obrigatório, mesmo existindo a versão digital para ambos documentos o motorista precisa estar com a versão digital ou  impressa em folha A4 comum do CRLV. Algo que não é necessário quando se trata de CRV.

Caso o motorista não tenha o CRLV em mãos, será autuado com multa  e 7 pontos da carteira.

E o CRLV-e ? 

O CRLV-e  (certificado de Registro e Licenciamento) é um documento que entrou em vigor a partir do ano de 2021, onde ocorreu a junção dos dois documentos CRV e CRLV.  Descartando até então a impressão do documento em papel moeda.

Dessa forma, veículos que tiveram sua emissão do documento a partir de 2021 já entram no formato 100% digital. Por isso ocorre a confusão que o CRV e CRLV são a mesma coisa.

O que facilita o acesso do documento, além de sua transferência. De acordo com a resolução 809/2020 do Contran. Toda a transferência que era registrada no ATPV (Autorização para Transferência de Propriedade do Veículo) que ficava registrada no verso do CRV.  Agora o processo passa a ser digital, através do ATPV-e.

Qual é a função CRV?

Um pouco mais acima, comentei que o certificado de registro é popularmente conhecido DUT.

Tudo começa como DUT, implantado em 1985, teve como principal função  comprovar a propriedade do veículo.

Dessa forma evitando problemas no momento da compra e venda, atestando que a pessoa que estava vendendo era o legítimo dono no veículo e registrando para quem seria o próximo dono.

Pois no verso do documento, é necessário preencher os dados atualizados do comprador e do vendedor. Além de reconhecer suas devidas assinaturas em cartório.

Assegurando de forma jurídica, que o veículo não havia sido furtado para ser vendido posteriormente.

Com isso, o novo proprietário tem até 30 dias após a assinatura para emitir um novo CRV em seu nome. Se não, o veículo poderá ficar com um bloqueio ativo, como explicamos no artigo – Bloqueio por falta de Transferência.

Nessa forma, facilitar identificar o histórico  transferência, registrar alterações e manutenções possibilitando uma melhor avaliação no estado geral do automóvel

Vale destacar que o CRV precisa ser emitido para qualquer veículo, desde motos até caminhões. Onde garante que o proprietário adquiriu o veículo de forma legal.

Guarde bem seu documento físico

Como deu para perceber o CRV é um documento muito importante e certos cuidados devem ser tomados para não perdê-lo.

  • Evite de carregá-lo com você;
  • Deixei guardado em casa em um local que você o encontre com facilidade;
  • Tenha uma cópia digitalizada, isso facilita caso precise de uma segunda via;
  • Evite rasgar ou danificar

Apesar de muitas vezes as pessoas pensarem que é obrigatório carregar esse documento, ele não é!

O documento que precisa estar sempre junto com você são a CNH e o CRLV (licenciamento).

O CRLV é o certificado de registro e licenciamento do veículo, ele indica que o seu veículo está em dia com suas obrigações, como comentamos mais acima. 

Como emitir a Segunda Via CRV ?

Antes de iniciar toda a explicação, você precisa saber quando ocorreu a emissão do CRV. Caso a emissão ocorreu após de 04/01/2021, você consegue o acesso via o aplicativo CDT (Carteira Digital de Trânsito).

Desde 2021, ocorreu uma junção entre os documentos CRV e CRLV.  Para o formato digital CRLV-e.

Então caso tenha perdido de CRV e ele é antes de 2021, você terá que solicitar ao DETRAN de seu estado o antigo serviço de “2a via do CRV” e iniciar o processo de primeira via do CRLV-e (Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo eletrônico).

Apenas após a emissão da primeira via do CRVL-e, será possível iniciar o processo de compra e venda do veículo via ATPV-e.

Não esqueça de registrar um boletim de ocorrência informando se foi uma perda ou até mesmo o furto do documento.

Emitir o CRLV-e ( antiga 2ª via do CRV impresso)

Apesar do documento ser digital, a solicitação ocorre de forma presencial junto ao DETRAN.

Lembre-se, o veículo não poderá débitos em aberto como IPVA, Licenciamento, multas ou qualquer outro. 

Deverá ser realizado os seguintes passo:

  • Preencha o formulário comunicando o extravio, furto, roubo ou rasura do Certificado de Registro de Veículo (CRV);
  • Formulário preenchido, imprima a ficha de cadastro e o DAE (Documento de Arrecadação Estadual);
  • O DAE precisa ser pago em unidades da rede bancária credenciada junto ao DETRAN;
  • Será obrigatório o agendamento da vistoria, e só pode ser realizado após o pagamento da DAE;
  • Realize a vistoria no departamento de vistoria da unidade de trânsito local;
  • Após o veículo ser aprovado na vistoria, você deve comparecer ao setor de emissão de documentos para receber o comprovante de emissão do e-CRV.

Atente-se caso o veículo esteja sendo negociado

Se estiver negociando a venda do veículo, essa informação já poderá ser inserida na emissão do CRLV-e. Basta informar os dados do comprador para que a ATPV-e já esteja emitida, facilitando o processo de transferência de propriedade.

Como consultar o CRV de forma online?

Para realizar a consulta de forma online, será necessário acessar o portal do SENATRAN,  realizar o seu acesso pelo CPF e senha.

Depois basta ir na área Veículo > Consultas Meus Veículos


Na próxima tela, você terá acesso ao emissão dos documento CRLV-e

Onde fica a numeração do CRV físico?

Não confunda a numeração do CRV com o  código RENAVAM, eles possuem funções bem diferentes.

A numeração fica no canto superior à direita do documento, logo no seu início. Veja o exemplo a seguir:

Modelo de CRV impresso

Já o RENAVAM fica um pouco mais abaixo.

Esperamos que esse artigo tenha te ajudado a entender um pouco melhor sobre o CRV e sua função.

Compartilhe

0 Comentários

Cadastre-se